Tem dias que... socorro!

escrito por Virazel nesta data  9. August 2014 13:18

Vou direto ao assunto: hoje treinamos na Amigo Cão. Foram Glee e Coca. Glee é um orgulho só, logicamente graças ao empenho e trabalho do Fabiano.

Mas o que me trás aqui é a Coca. Teve uma coisa muito positiva! Ela definitivamente não liga para o ambiente: saiu da caixa querendo treinar, correr atrás do brinquedo. Agora o treino, lastimável. Não, não por culpa dela não. Ela é mega boa, ligada, ama trabalhar! Como dizer, o problema é quem está "na outra ponta da guia". kkk

O fato é: apesar de ter 10 anos... 10 ANOS de agility, não, não sei reconhecer percurso de fora da pista, não fico segura, AINDA cometo erros de iniciante, parece que fico cega e esqueço tudo o que sei. Se fizer um teste pra ver o conhecimento, teoricamente eu sei até que bastante coisa, mas não consigo colocar em prática. Coisas tipo... colocar o cão no fica para facilitar a visão dele dos obstáculos, usar um braço de cada vez, correr, mandar o cão pular e não ficar usando indiscriminadamente o nome dele, errar e corrigir o erro e por aí vai. 

Óbvio que é responsabilidade minha. Justificar não é a solução, mas tentar entender o que leva a esses erros, não é justificar. E como em pista, não tem como pensar, acabo fazendo tudo errado achando que estou fazendo certo e simplesmente não percebo o que fiz de errado. Se o Fabiano filmou algo, depois eu vejo e divido aqui os erros e vou tentar entendê-los. Quem sabe o meu erro pode ser o seu?


Tags:

Coca | treino

Comments

8/10/2014 1:51:41 PM #

Anna Carol

aiii, sei bem como é isso. Hoje em dia treino muito sozinha e, putz, é a hora que você percebe que a sua teoria não corresponde a sua prática.

Mas fica tranquila, é percebendo os erros que a gente melhora, pior seria se você não percebesse, aí sim seria um problema!

Anna Carol Brazil | Reply

Add comment


(Will show your Gravatar icon)

  Country flag

biuquote
  • Comment
  • Preview
Loading



Vívian Razel

Começou dentro do agility por volta de 1999 em São Paulo, primeiro apenas acompanhando as provas de agility, frequentando treinos e aulas de adestramento. Alguns anos mais tarde surgiu a possibilidade de comprar seu primeiro Border Collie, em 2003. Elvis, cão que... leia mais

 


Últimos Comentários

Comment RSS


Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"